MAPA MENTAL DO NOVO CORONAVÍRUS

por Geissy Reis, mestranda em Antropologia pela Universidade Federal da Paraíba (Brasil)


Desde o contexto do nordeste brasileiro, trago em papel, com a utilização de lápis e giz de cera, processos históricos, não exclusivos deste país, mas aqui também situados (no Brasil), que somados à pandemia pelo coronavírus, compõe parte do dramático quadro em que estamos vivendo hoje. Busquei expor o concatenamento de ideias a partir do marco coronavírus; quando penso na pandemia há uma relação de causas e consequências? Se sim, quais? Há instituições e/ou processos pré-existentes que fazem confluir mais e mais rapidamente a disseminação do coronavírus? Quais? De que modo as chamadas “políticas da morte” se aglutinam à este cenário de calamidade pública, e continuam a levar à morte grupos humanos, identidades, memórias, cosmovisões e indivíduos sociais? Leia mais

Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search