COVID-19: A Resposta de Natureza?

por Anderson Luis dos Santos, estudante de Psicologia (Centro Universitário UNISÃOMIGUEL, Pernambuco/Brasil)


Ao refletir sobre os benefícios causados pelo isolamento social no que diz respeito ao meio ambiente, percebo que foi declarado liberdade à natureza. O fato torna-se notório quando consideramos notícias como: “O Himalaia fica visível para Índia após quarentena contra o coronavírus derrubar poluição” (Folha de São Paulo, 09.04.2020); ou ainda, “Coronavírus: milhões de tartarugas bebê aproveitam confinamento humano para chegar ao mar” (BBC News Brasil, 14.05.2020). Ou seja, a natureza parece reagir de forma positiva à redução dos impactos ambientais promovidos pelo capitalismo e egocentrismo humano. Tais acontecimentos somente se tornaram possíveis graças ao pouco fluxo de pessoas nas ruas e espaços públicos, e da consequente diminuição da poluição. Minha imaginação fértil me leva pensar, a partir dessas noticias, sobre quanto tempo o meio ambiente se encontra em estado de pandemia, lutando contra o vírus homem. Há muito a fauna tem se colocado em uma espécie de isolamento social, fugindo dos seres intitulados racionais, como forma de preservação. O homem parece sentir prazer em matar, aniquilar e destruir tudo à sua frente. Nada escapa a sua tendência genocida. Sofrem as florestas, os mares, contamina-se o ar. Sem dúvidas, o que está acontecendo no mundo é um tanto estarrecedor, sobretudo pela quantidade de mortes provocadas pelo Covid-19.

foto de Ivan Bandura (Unsplash)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Todavia, me coloco a refletir: por quantos assassinatos cometidos contra a fauna e flora somos responsáveis? E porque, somente depois de tantos anos começamos a nos dar conta do quanto temos sido destrutivos e nocivos, ao meio ambiente e a nós mesmo? O Covid-19 não seria mais uma resposta da natureza, mais um grito de socorro? A natureza não estaria respondendo a altura? Estamos todos lutando pela sobrevivência, homem e o planeta. A grande questão parece consistir em se pensar no porque nos colocamos em lados opostos. A natureza parece apenas lutar para garantir sua existência e manutenção, buscando gozar a graciosamente de sua brilhante liberdade no sentido mais puro da palavra. No cenário atual percebemos que o meio ambiente tem tentado tanto reconquistar o seu brilho, ofuscado pela fumaça das grandes indústrias, quanto devolver aos animais o direito de caminhar livremente, sem serem incomodados, perseguidos ou ameaçados de morte por parte dos humanos que os caçam por lazer. É incontestável o fato de que alguns indivíduos se importam apenas consigo mesmo, não dando atenção as demais espécies que carecem de cuidados. Cuidados estes, que são essenciais ao equilíbrio e sobrevivência do próprio planeta que habitamos. Confesso que o isolamento social tem me provocado uma espécie de ruminação, pela qual cotidianamente rogo para que nunca sintamos na própria pela a dor da mãe natureza, que chora ao ver suas crias arrancadas violentamente de seus habitats naturais; cruelmente mortas e esquartejadas para alimentar o comercio de carnes; dizimadas e extintas, ou reduzidas a pequenos percentuais de sobrevivência da espécie. Penso que, assim como sofrem diversos seres vivos perante a ganância e arrogância humana, sofremos nós as consequências de nossos próprios atos. Sabemos que toda pandemia é terrível, que todo isolamento dói. Somos também cientes dos impactos negativos dos vírus sobre os hospedeiros. Então, que sejamos menos malfazejos, mais racionais, menos malignos e perniciosos uns aos outros, e acima de tudo, mais respeitosos com o meio ambiente que nos envolve e protege. Não fomos nós mesmos que nos autointitulamos “seres sociais”? Então, porque nos é tão difícil agir como tal? É preciso entender, que nós humanos somos apenas uma pequena parte de um todo muito maior. Integramos ecossistemas, originalmente harmoniosos. E neste sentido, somente a harmonia, se estabelecerá, sem duvida alguma, como a única saída e chave para a manutenção de nossa própria espécie e do planeta Terra.

Recife, 17 de maio de 2020.

 



Citar este post
marianabc (2020, 26 Maio). COVID-19: A Resposta de Natureza? CONFINARIA. Recuperado em 21 de Abril de 2024, de https://doi.org/10.58079/n291

15 comentários em “COVID-19: A Resposta de Natureza?”

  1. O Estado de Perplexidade e caos social, nos obriga a entender melhor e Levar mais a sério a Ciência e qual o Papel da Ciência e Cientistas para a Humanidade.
    – O que realmente é Covid -19 ???
    – O que motiva a evolução e mutação do Coronavirus ???

    Para abordar Ciência, temos que ponderar Ponderar a Educação.
    A educação das massas atribui-se a frase a John D. Rockefeller e descrito de forma mais elaborada por Frederick Gates, Consultor de negócios dos Rockefeller: “Não quero uma nação de pensadores. Quero uma nação de trabalhadores.”
    Que assim Sendo, limitando a capacidade do pensamento livre e critico, as escolas e acadêmicas, Introjectaram na sociedade e comunidade cientifica, um conceito de Racionalidade de um mundo que é incomum. Foi associado ao fato de que o animal não saiba comunicar-se por fala. Mas a racionalidade se dá por meio de atos de caridade, de responsabilidade afetiva e comunhão com todas as criaturas, pois tudo é uno. E a maioria dos animais possuem essa sensibilidade, o que os tornam empatas. Logo, os animais são racionais. Ao passo que o condicionamento educacional imposto foram formando e diplomando a comunidade científica e também propagando na sociedade, um inconsciente coletivo, deformando os princípios básicos da educação, impondo uma cultura superficial. E assim sendo; ” O público tem uma visão distorcida da ciência, porque as crianças são ensinadas na escola e academias que a ciência é uma coleção de verdades firmemente estabelecidas. Mas a ciência não é uma coleção de verdades.” ( Freeman Dyson – Físico e Matemático)
    A ciência é muito mais uma forma de Pensar do que simplesmente uma epopéia de conhecimentos. Logo os dito “Cientistas” na realidade são apenas Diplomados, com títulos de Dr. suprindo Egos e Vaidades. Mas muito longe de terem mérito e dignidade de Cientistas, pois os “cientistas”, não exercem a capacidade de raciocínio, de livre pensar crítico.
    Por isto, a própria história tem nos mostrado que a cultura e educação do pensamento Linear, nem mesmo as melhores atos acompanhadas da ciência, tiveram um final feliz.

    O termo “Negacionistas”
    São os próprios Cientistas da Comunidade científica, corporativismo e comunicação Social (Imprensa) que nega a Ciência.

    Temos como dever e obrigatoriedade das responsabilidades. Sempre que há um mapeamento genético, e todo estrutura molecular, os Fótons, permanecem livres na última Camada. E sempre que tiver, qualquer tentativa de estabilizar um foton, causa uma mutação sem o controle desta, com o risco de comprometer toda uma estrutura molecular e/ou, toda estrutura genética.

    Conhecido desde 1937, 1965, 2004. O Coronavirus é uma resposta Biológica do Planeta, diante do modelo de Desenvolvimento exploratório e Sofrimento Humano.
    Coronavirus, é uma questão Cultural, educação, água, Saneamento, gestão, Território e economia/Financeiro.
    Os avanços tecnológicos e velocidade da comunicação, promove a evolução e mutação do coronavirus e os avanços sanitários, não acompanham, nem alcançam o Coronavírus.
    É a Própria comunidade científica, quem está promovendo a evolução e mutação do coronavirus, ao mesmo tempo que a Psicologia/Imprensa, promovendo pânico e recessão, causando Fadiga, Stress, depressão, baixa estima, sem perspectivas de vida e diante da Questão econômica. Que é óbvio baixa a imunidade, onde muitos já foram a óbito e muitas mortes ocasionadas pelo terrorismo Midiático da Imprensa.
    Desde 2006, Físicos e diversos estudiosos, vem chamando a atenção. Em 2012 foi enfatizado e em 2028/2019 foi gritado.
    Desde 2006, foram muitas iniciativas e Projetos de educação e conscientização apresentados (foram ignorados, desprezados e projetos Roubados. zombavam e humilhavam)
    Em 2018/2019 no Município de Peruíbe/sp, estava sendo desenvolvido e foram apresentados Cinco (5) projetos e produto solução para o Coronavírus. (Município cometeram crime na CLT 486, culminando acidente de trabalho, médico comete erro médico Proposital, roubaram projetos e tentaram me matar)
    Nisto: Quais méritos, honra e glória tem a estupidez, Birrezas, Inconsequências, irresponsabilidades e desdenhosidade enfadonha dos Promotores, Procuradores e Servidores do Ministério Público ???

    Esta Pandemia é é advento das influências da Velha Inglaterra, acentuado pela Biografia e Legado de Getúlio Vargas, com CLT de pagar o mínimo possível e ao mesmo tempo o modelo de comunicação e Cultura Hollywoodiana (Globo) com a cultura de Roubar, Estelionatar e Mentir, agravado com os Programas de Governos elaborados em 1992 na Eco-92 e impostos no Brasil com o Plano Real e posterior no Governo de FHC. E o acordo de Princeton uniu Lula ao FHC.
    Programas de Governo Criminoso que ignora a Razão e a existência humana, preconizando apenas a classe economicamente ativa, consumidores das Porcarias Corporativas e limitados do pensamento crítico. Assim sendo, são coniventes com a cultura da Roubalheria, estelionato e Mentiras. (Cultura da Globalizaçã, onde todos estão usando a mesma calcinha da Ângela Merkel)

    A lei sobre Drogas inclui produtos nocivos que põe em risco a vida e a saúde Pública.
    Quem tiver de posses de Glifosatos, em uso ou armazenado, dever responder judicialmente termo circunstancial. E aos Fabricantes sejam Bayer, Monsanto tenha o Quanto Poder econômico que tiver. Incondicionalmente e obrigatoriamente responsabilizados criminalmente por colocar no mercado e venda de produtos nocivos e lesivos a humanidade.
    Tais Liberações da ANVISA, ocorreu quando em 2006 no COP 8 (Conferência entre as Partes) realizado em Curitiba/Pr. Onde reunidos mais de 180 Países, tinha o Pano de Fundo a Biodiversidade e questão Ambiental. Na realidade todo um circo armado para o Loby e Pressão da Bayer e Monsanto sobre a ANVISA, para aprovar os insumos, pesticidas e agrotóxicos, extremamente Danosos e nocivos ao ambiente e ao ser Humano.
    O mesmo está acontecendo agora com a Vacina.
    Pois politizaram um vírus endêmico, conhecido desde 1937 e criaram a “Pandemia” para o sistema Financeiro e indústria Farmacêutica.
    Laboratórios não se responsabilizam pelos efeitos colaterais (Vacinose)
    Porém, Laboratórios devem sim responder criminalmente por posse, armazenamento e venda de drogas nocivas e lesivas a Humanidade.
    A Pandemia e a Vacina, é um crime de guerra Financeira.
    A Pandemia e a vacina é um crime imprescritível e inafiançável

    Assim também, os latifúndios Territoriais para o Agronegócio, com o festival de pesticidas e agrotóxicos lesivos e nocivos a Humanidade.
    https://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Meio-Ambiente/Monsanto-25-doencas-que-podem-ser-causadas-pelo-agrotoxico-glifosato/3/32891

  2. Quando pensamos que estamos à mercê da natureza, a humanidade flerta à abstração e renovam-se as esperanças. Parabéns pelo texto.

  3. Realmente a fauna e a flora agradecem pelo maior vírus desse planeta ter ficado inativo por uns momentos em suas casas , texto perfeito . Parabéns!

  4. Este texto resume basicamente quanto o ser humano se coloca em grandeza diante do mundo e é apenas uma parte de uma grande diversidade. Muito bom.

  5. Uma visão cirúrgica do comportamento do ser humano com relação ao local que é chamado pelo mesmo de “lar”. Meus parabéns!!

  6. Lindo o testo parabéns sempre pensei assim com certeza viveremos melhor sem prejudicar ou ameaça todas as vida do planeta

  7. O texto traz uma boa visão sobre o próprio cenário que estamos vivendo atualmente, Sem sombra de dúvida demonstra detalhadamente o lado do cuidado e da proteção que por esse fator fomos “ obrigados” a cuidar do nosso bem mais precioso!

  8. Ótima pontuação! Vivemos em um cenário que engloba diretamente a questão discutida. A natureza é a base para a sobrevivência humana e tudo em que nela está. Parabéns!

    1. E em Todos os Sentidos. Toda a questão do Coronavirus, está na equação E=m.c2
      As Sociedades, Império Romano e Império Britânico, construíram seus Legados, Preconizando apenas a massa (Capital material), ignorando a Luz e sua Velocidade. Apenas explorando a Natureza. Chegou Oi nde Chegou.
      Platão, Isac Newton, Charles Darwin, Serviram para que ???

  9. Um texto muito bom, com uma óptica diferente sobre a situação atual em que vivemos. Trouxe grande contribuição no que desrespeito a reflexão sobre natureza e da nossas ações sobre ela. Parabéns, muito bom!

  10. Que texto profundo , simplesmente maravilhoso “Andinho” ,obrigada meu amigo por este contributo maravilhoso .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search